Como publicar

  1. Encaminhar três cópias impressas dos originais, na linguagem adequada ao formato de livro.
  2. Uma das cópias deve estar identificada, com nome de autor(es) ou organizador(es) e respectivos links para seus currículos Lattes, para registro de entrada e guarda na Editora, acompanhada de carta de apresentação, explicitando de que trata o livro, área(s) do conhecimento em que se insere, contribuição que traz à(s) mesma(s), o público pretendido etc. As outras duas cópias, não identificadas, serão encaminhadas aos pareceristas ad hoc, que podem ser indicados pelos autores/organizadores, com a ressalva de que a Editora se reserva o direito de não consultar nenhum dos nomes indicados.
  3. O processo de avaliação de livros (autoral e coletânea) é uma etapa obrigatória da CEPESC Editora, tendo em vista as recomendações da Comissão Qualis -Livro da Área, na CAPES, e deverá ser concluído no prazo máximo de 6 (seis) meses, de acordo com as condições e andamento de cada etapa: recebimento de originais; definição de avaliadores; convite para emissão de pareceres; envio de originais aos avaliadores; retorno de pareceres; submissão destes ao Conselho Editorial; deliberação para concluir o resultado da avaliação; e notificação ao(s) autor(es) ou organizador(es) por carta acompanhada do parecer do Conselho Editorial. No caso de aprovação, autor(es) ou organizador(es) tem(têm) também o prazo de 6 (seis) meses para considerar as observações dos pareceristas, realizar as modificações necessárias e enviar a versão definitiva à Editora.
  4. A versão definitiva deverá ser encaminhada em uma via impressa e encadernada e em meio eletrônico (arquivo em Word). O processo editorial obedecerá ao cronograma de atividades estabelecido pela Editora.
  5. As etapas do processo editorial compreendem: (a) preparação do texto: copidesque, primeira e segunda revisões, padronização e normalização dos originais; (b) projeto gráfico: criação de capa e miolo; (c) diagramação e editoração eletrônica; (d) revisão de provas: por autor(es) ou organizador(es) e pela Editora; e (e) impressão e acabamento.
  6. Imagens, figuras ou desenhos devem estar em formato tiff ou jpeg, com resolução mínima de 200 dpi, tamanho máximo 12×15 cm, em tons de cinza, com legenda e fonte Arial 10. Tabelas e gráficos-torre podem ser produzidos em Word. Outros tipos de gráficos devem ser produzidos em Photoshop ou Corel Draw. Todas as ilustrações devem estar em arquivos separados e serão inseridas no sistema como documentos suplementares, com respectivas legendas e numeração.
  7. No texto deve haver indicação do local de inserção de cada uma delas. Todas as imagens devem incluir autoria e fonte, ou estar acompanhadas de autorização para reprodução assinada por seu autor e/ou responsável pelo acervo de que faz parte, se for o caso.
  8. A Editora estimula a participação de autor(es) ou organizador(es) em todas as etapas do processo editorial, sendo mantido contato à medida que vão sendo desenvolvidas.
  9. É pactuado um contrato para a edição do livro entre autor(es) ou organizador(es) e Editora, através do qual este(s) recebe(m) da Editora, a título de pagamento de direitos autorais, 10% (dez por cento) da tiragem da obra, em exemplares, aplicados também a cada reimpressão ou nova edição da obra. O contrato tem validade de 5 (cinco) anos e pode ser renovado, se houver interesse de ambas as partes.
  10. Os autores são responsáveis por todos os conceitos e informações apresentado no texto.
  11. Os casos omissos serão decididos pela Editoria de CEPESC Editora.

Observações no preparo dos originais

  • O texto é composto pelas seguintes partes: sumário, prefácio (opcional), apresentação, corpo, capítulos e referências. Orelhas, quarta capa e prefácio devem ser escritos por outra pessoa que não o(s) autor(es) ou organizador(es) do livro (textos assinados, com respectivos créditos);
  • A linguagem deve ser simples, com frases e parágrafos curtos, evitando-se o uso das primeiras pessoas do singular e do plural ao longo do texto, optando sempre pela voz passiva. O uso de negrito também deve ser evitado, salvo para títulos e subtítulos.
  • Siglas devem ser desenvolvidas primeiramente por extenso, como por exemplo: “o Sistema Único de Saúde (SUS) foi criado…”.
  • Se imprescindíveis, palavras estrangeiras sempre devem estar em itálico.
  • Citações de até 3 (três) linhas devem estar dentro do parágrafo e entre aspas duplas (” “).
  • Citações com mais de 3 (três) linhas devem ser destacadas do texto, recuadas, em bloco, com corpo menor e sem aspas.
  • As referências devem seguir a NBR 6023, da ABNT. No corpo do texto, citar apenas o sobrenome do autor e o ano de publicação, seguidos da página no caso de citações. Todas as referências citadas no texto deverão constar nas referências, em ordem alfabética, conforme exemplos a seguir. Os autores são responsáveis pela exatidão das referências, assim como por sua correta citação no texto.
  • Nos créditos de autor(es) e demais colaboradores do livro (prefácio, orelhas etc.), devem constar seguintes informações: graduação, maior titulação obtida/instituição e atual inserção profissional; e-mail opcional.
  • As notas devem ser exclusivamente explicativas, escritas da forma mais sucinta possível, e não devem ser compostas como referências. Não há restrições quanto ao número de notas. Textos de esclarecimento com mais de 5 (cinco) linhas devem ser colocados em apêndices ou anexos.
  • Os estudos que envolvam a participação de seres humanos deverão incluir a informação referente à aprovação por comitê de ética na pesquisa com seres humanos, conforme a Resolução nº 466/13 do CNS. Os autores devem indicar se a pesquisa é financiada, se é resultado de dissertação de mestrado ou tese de doutorado e se há conflitos de interesse envolvidos na mesma.